skip to Main Content

ENTREVISTA RÁDIO GAÚCHA

Tecnologia
Gaúcho cria painel eletrônico para evitar briga em assembleias de condomínio
Saiba quanto custa para alugar e comprar o painel
13/08/2018 – 13h44min
Atualizada em 13/08/2018 – 13h46min

Giane Guerra

Francine Silva

Francine Silva
Painel da Votcom foi criado para votações, como nas assembleias de condomínioFrancine Silva

Evitar discussão e constrangimentos entre vizinhos depois de uma assembleia de condomínio. Este foi o objetivo do empresário gaúcho Alexandre Bassi, que criou a Votcom, um sistema eletrônico de votação.

— No ano passado, uma amiga me ligou questionando como poderia fazer em uma assembleia. Na época, eu sugeri usar plaquinhas de votação de sim e não. É um horror, mas era a única opção. E ela ainda me questionou como iria fazer para contar os votos. Eu respondi que, infelizmente, seria manual — conta Bassi.

Foi então que Bassi voltou para casa e pensou que estava na hora de criar um sistema para fazer este trabalho. Surgiu aí a ideia do painel eletrônico e dos controles de votação. Com experiência no ramo de condomínio, ele se debruçou por um ano sobre o projeto. A tecnologia é gaúcha, tem patente registrada e garante o sigilo do voto.

— Você protege a sua opinião, pois o voto permanecesse secreto e respeita um “delay” entre a pessoa apertar o botão e aparecer no painel, justamente para não expor o votante. Tem ainda a opção de ser customizado, caso o condômino tenha peso maior na votação — detalha.

Lançado em julho em Porto Alegre, o Votcom pode ser usado em qualquer situação que precise aprovar pautas através do voto. Alexandre explica que as empresas pode comprar ou alugar o equipamento. A tecnologia está apta para ser comercializada em outros Estados.